Cidade

São João do Pau D´alho - Vida Cristâ e Homossexualidade

Publicada em 21/06/22 às 08:11h - 14 visualizações

por Padre Marcelo Henrique Gonzalez Dias


Compartilhe
Compartilhar a notícia São João do Pau D´alho - Vida  Cristâ e Homossexualidade  Compartilhar a notícia São João do Pau D´alho - Vida  Cristâ e Homossexualidade  Compartilhar a notícia São João do Pau D´alho - Vida  Cristâ e Homossexualidade

Link da Notícia:

São João do Pau D´alho - Vida  Cristâ e Homossexualidade
 (Foto: Face do Padre )
Por estes dias uma pessoa bem famosa em alguns meios católicos resolveu declarar que é homossexual. Se se sentir à vontade para isso, um católico pode partilhar sua condição se for para ajudar outras pessoas a viverem os mandamentos de Deus, superando as dificuldades e confiando na graça de Deus.

Mas não. Ele disse que vive com outra pessoa, que está tudo certo e mais: afirmou que continua comungando o Corpo de Cristo e ainda distorceu o ensinamento de Santo Tomás de Aquino para justificar seu pecado de sacrilégio. 

Sua atitude foi muito ruim, pois não só expôs sua situação de pecado, mas acabou por encorajar outras pessoas a também pecarem. Quantos católicos talvez, sobretudo jovens, que estavam lutando para se manterem castos, resolveram jogar a toalha depois de verem tais declarações. Nosso Senhor disse: "ai daqueles que provocam escândalos" (Mt 18,7), ou seja, ai daqueles que induzem outros a pecarem.

Espero que os sacerdotes próximos a essa pessoa o corrijam e o alertem para a urgência de ele mudar de vida e de reparar o escândalo que causou.

A confusão está grande, irmãos, mesmo nos meios católicos. Quem quiser seguir a verdade e o verdadeiro caminho do amor a Deus e ao próximo, precisa se firmar no constante ensinamento da Igreja, que se baseia na Bíblia, na Tradição Apostólica e na lei natural.
Deixo abaixo para vocês o ensinamento do Catecismo da Igreja Católica a respeito da homossexualidade. Deus os abençoe.
------------------------------------------------------------------------
"2357 A homossexualidade designa as relações entre homens ou mulheres, que experimentam uma atração sexual exclusiva ou predominante para pessoas do mesmo sexo. Tem-se revestido de formas muito variadas, através dos séculos e das culturas. A sua génese psíquica continua em grande parte por explicar. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves (103) a Tradição sempre declarou que «os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados» (104). 

São contrários à lei natural, fecham o ato sexual ao dom da vida, não procedem duma verdadeira complementaridade afetiva sexual, não podem, em caso algum, ser aprovados.
2358. Um número considerável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente radicadas. Esta propensão, objetivamente desordenada, constitui, para a maior parte deles, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á, em relação a eles, qualquer sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar na sua vida a vontade de Deus e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar devido à sua condição.

2359. As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes do autodomínio, educadoras da liberdade interior, e, às vezes, pelo apoio duma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem aproximar-se, gradual e resolutamente, da perfeição cristã."




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Visitas: 50075
Usuários Online: 18
Copyright (c) 2022 - Web Rádio Anjo Amigo